Mobilidade Urbana

Pedalar nas ruas e exposição à poluição

Pedalar é, sem dúvidas, uma excelente escolha para quem quer contribuir para a diminuição da poluição do ar. Porém, será que essa escolha pode de alguma forma prejudicar a sua saúde?

Autor: City 4Us

Você pedala (ou tem vontade de pedalar) nas ruas da sua cidade, seja para ir ao trabalho, fazer compras, estudar ou mesmo por lazer? Já teve dúvidas quanto a riscos à saúde relacionados com a exposição à poluição que ciclistas têm enquanto pedalando? Nosso post de hoje é para compartilhar um vídeo super interessante publicado pela Global City Network (GNC) onde eles conversam com especialistas sobre esse assunto. Será que pedalar ao lado de automóveis pode fazer mal à sua saúde? Continue conosco que você vai se surpreender ao final desse post!

Segundo a Organização Mundial da Saúde (sigla em inglês WHO), 91% da população mundial vive em ambientes onde a qualidade do ar não é compatível com os limites estabelecidos como saúdavel. Ainda, estima-se que 4.2 milhões de pessoas morrem anualmente devido à AVC, doenças do coração, câncer de pulmão e doenças respiratórias crônicas.

Apesar da poluição existir naturalmente na atmosfera, as atividades humanas têm contribuído para o aumento da poluição. Dentre os poluidores aos quais estamos expostos, os mais comuns em áreas urbanas são: dióxido de nitrogênio, material particulado, dióxido de enxofre, ozônio e metais pesados. Com relação ao setor de transportes, o dióxido de nitrogênio e material particulado (PM10 e PM2,5) são os poluentes mais problemáticos. E, inevitavelmente, o maior problema para os ciclistas.

Segundo o professor Dr. Enda Haynes, professor da University of the West of England, em ambientes urbanos, inevitavelmente você tem um nível de poluição de fundo, que é gerado a partir de diferentes fatores, inclusive de poluição proveniente de áreas fora da cidade. Todavia, é possível observar diferentes níveis de concentração de dióxido de nitrogênio (gás formado pela reação química do óxido de nitrogênio, que escapa do cano de descarga dos veículos, na atmosfera) principalmente nas ruas.

Mas será que ciclistas estão mais expostos à poluição e consequentemente corre mis riscos de saúde que a população em geral?

A professora Dra. Audrey De Nazelle do Imperial College of London respondeu a essa pergunta. Segundo a doutora, resultados de pesquisa indicam que os benefícios das viagens ativas geralmente superam os riscos à saúde decorrentes da poluição do ar e, portanto, devem ser incentivados. Ao avaliar os benefícios de longo prazo para a saúde contra os possíveis riscos do aumento da exposição à poluição do ar, os cálculos mostraram que a promoção do ciclismo e caminhada é justificada na maioria dos ambientes e apenas um pequeno número de cidades onde o nível de concentração de PM2.5 são os mais altos no mundo, são onde o ciclismo pode levar ao aumento de um risco à saúde.

A professora ainda deu algumas dicas para minimizar os impactos da poluição do ar para quem pedala nas ruas. Aqui estão elas:

  • Prefira ruas com menos tráfego;
  • Se for possível, evite os horários de rush;
  • Tenha uma dieta balanceada;
  • Durma bem.

Seja para o trabalho, para a universidade ou para qualquer lugar, vá de bike!

Esperamosque você tenha gostado do post de hoje. Deixe um comentário para nós!

0 comments on “Pedalar nas ruas e exposição à poluição

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: